Sabía que: A lei não obriga a proibir fumar, a lei obriga sim, a despoluir!

Há 13 anos que vimos implementando no mercado sistemas de purificação de ar que são a prova viva desde conceito.Com a chegada do Inverno, como se sentirá  o seu cliente fumador se tiver de ir fumar para a rua?

Os purificadores electrónicos de ar são referidos na lei no artigo 5º, no ponto nº 5, alínea (b) , da lei nº 37/2007 de 14 de Agosto, onde se lê: “…disponham, de dispositivo de ventilação, ou qualquer outro, desde que autónomo, que evite que o fumo se espalhe”.

Todos os clientes são necessários, não os desperdice!

Pode ter um ar mais limpo, permitindo aos seus clientes fumar e estar dentro da lei ao mesmo tempo.

Como temos a certeza do tudo o que aqui explicámos passamos termo de responsabilidade para todas as nossas instalações.

Leia aqui como um purificador de ar funciona e porque é que é eficaz no combate ao fumo.

Download: Lei do tabaco

Nota: Este equipamento não dispensa o cumprimento da alínea (c), saída directa ao exterior, cuja finalidade será de reequilibrar o oxigénio gasto no acto de fumar.